terça-feira, 27 de agosto de 2019

As Três Fases do Mergulho, Quantas Vidas Você Teve? A Intromissão, Voltando no Tempo



Ashtar Sheran por Neva/Gabriel RL – 25/08/2019

Saudações, Família!

É bom estar aqui mais uma vez. É um momento oportuno para falar sobre esse assunto que quero explanar hoje, e estou feliz com mais essa oportunidade de transmissão direta. Preciso dizer que esta será uma mensagem longa e recomendo, no caso de suas mentes começarem a se cansar, ler em duas ou três vezes. Normalmente, vocês não sentem cansaço ao ler as nossas mensagens pelo fato de elas estarem sempre carregadas de energias cristalinas; caso sintam necessidade de pausa, acatem-na. De qualquer forma, estejam com seus corações abertos e mentes relaxadas para a leitura. Seria recomendável deixar um bom chá ao lado enquanto leem ouvindo a melodia que peço aqui para a querida Neva (Gabriel RL) disponibilizar.

Aproveitando, antes mesmo de iniciar os tópicos principais dessa minha mensagem, preciso dizer que agora as nossas naves estão ainda mais próximas e irradiando muito mais Amor, pois vocês estão, também, mais receptivos a ele. Não apenas a esse Amor, mas a todo o pacote que vem junto, como instruções claras sobre o seu plano de alma e as ferramentas mais eficientes para conseguirem alcançar os seus objetivos. As suas consciências estão, realmente, mudando e começando a acessar muito do que estava oculto em vocês. Na verdade, suas antenas captadoras estão se tornando mais potentes e a expansão e retomada à sua consciência original está apenas começando. Digo “apenas”, porque há muito mais vindo, enquanto vocês retornam aos seus estados de consciências originais.

É o começo de um grande retorno ao ponto original de partida. O começo do lembrar-se mais profundamente de quem são - o que está, realmente, muito além, até mesmo das suas identidades galácticas. O começo de uma fusão com o TODO. Ainda que venhamos lhes trazendo mensagens ao longo das eras sobre as suas origens, seus acordos e entregas profundas nos contratos de Sementes, essas mensagens são apenas "pinceladas" de um pacote ainda mais amplo, para somente quando vocês por vocês mesmos decidissem qual era a hora de acessar além das nossas mensagens. E vocês estão chegando neste ponto.

O trabalho de vocês é grandioso. A forma como aceitaram participar da "Experiência Terra" e as suas coragens até hoje ecoam por este Universo e além. Há muito tempo vocês estão na Terra abrindo caminhos para tantas outras raças que desejaram, tal como vocês, experimentar esta dimensão. Quando elas viram as suas coragens, inspiradas nelas decidiram também mergulhar em experiências semelhantes. Saibam que vocês foram pioneiros em muitas coisas nesse Universo e em decidirem perder completamente a consciência e a identidade de quem realmente são, para depois, muito depois, resgatarem essa consciência e identidade em meio à escuridão presente na época em que chegaram. E mesmo ao longo das eras encarnatórias, em ambientes densos e complexos para as mais desafiadoras missões e aprendizados, vocês demonstraram, dessa maneira, que realmente eram os seres preparados para o grande desenvolvimento e aprendizado que se desenrolaria ao longo dos bilhões de anos desta experiência.

Quantas vidas vocês tiveram? Quanto tempo vocês vêm encarnando na Terra? Este é o principal tópico dessa minha mensagem de hoje. Gostaria que, antes de tudo, vocês dessem uma pequena pausa nessa leitura para que eu continue. Darei um minuto a vocês para que respirem profundamente enquanto os irradio com minha presença, trazendo a energia do LAR. Respirem…

Continuando... Alguns de vocês têm acesso a alguns dados sobre a quantidade de vidas que tiveram na Terra, as encarnações propriamente ditas. Saibam, queridos, que foram muitas, muitas encarnações. A maioria de vocês vem encarnando na Terra desde a sua criação, há bilhões de anos da sua contagem linear. Há muitos cálculos feitos com ferramentas quânticas que lhes dão margens aproximadas e, às vezes, precisas, dessa quantidade de vidas e experiências absorvidas nessas eras. Não se esqueçam que vocês são seres multidimensionais, e ainda que estejam em uma realidade mais densa - se comparada com a sutileza original de vocês, onde essa multidimensionalidade é aparentemente oprimida - ela ainda é multidimensional e vocês podem estar em mais de um lugar ao mesmo tempo. Diria, em mais de uma vida ao mesmo tempo. Essa informação não pode ser demais para vocês. Certamente, vocês já sabem disso, ou melhor, já têm a consciência elevada disso. É o momento que vocês podem dizer: “É. Isso é muito claro! Sempre senti isso”.

Há bilhões de anos, quando a Terra estava sendo preparada e os Elohim da Forma davam sua parcela de colaboração na criação dessa realidade, vocês, em suas expressões angelicais e galácticas, também colaboravam nesta criação. Muitos planos foram feitos, muitas ideias, muitas possibilidades. Raças, especialmente a dos pleiadianos e sirianos, também colaboraram ativamente na criação, entregando suas porções genéticas para o desenvolvimento dos corpos que, num futuro, viriam a ser habitados pelas elevadas consciências cósmicas que movimentariam uma das, senão a maior experiência da Galáxia que, certamente, teria um grande efeito reverberador em todo o Cosmos.

A INTROMISSÃO

Preciso também dizer que, em meio a toda essa preparação cósmica para o EVENTO - que seria essa experiência - outras raças que não estavam diretamente autorizadas a participar da construção dessa realidade ficaram intrigadas com o que estaria acontecendo neste setor da Galáxia. Esses seres também queriam participar, porém, não seguindo um protocolo elevado. Eles queriam seguir sua própria agenda pessoal e, em muitos casos, completamente oposta ao desenvolvimento e expansão, e não puderam entrar diretamente. Não, até que fossem chamados… E eles souberam esperar. Foram pacientes, determinadamente pacientes, até que as condições vibratórias daquelas consciências elevadas estivessem compatíveis com suas intromissões. Eles esperaram até que essas consciências que participariam mais ativamente da experiência se mesclassem à densidade do que seria a tal experiência, e os chamassem também para participarem do jogo. Isso também, obviamente, estava previsto, e não passaria nada desapercebido pelo Criador Supremo.

Eles permaneceram rodeando toda a barreira cristalina que protegia a construção da experiência. Por bilhões de anos aguardaram e tentaram se infiltrar nas raças, especialmente nas dos pleiadianos e sirianos, pretendendo induzir certas modificações inapropriadas. E, até certo ponto, conseguiram uma semente plantada, uma reverberação inapropriada indireta. Eles não podiam entrar diretamente na experiência, mas poderiam tentar influenciar, “de fora”, aqueles que tinham acesso direto a ela. E foi o que fizeram. Embora não tenham entrado diretamente na experiência, como já foi dito, plantaram uma semente no desenvolvimento do DNA ideal. Mas isso, isso os levaria para dentro também. Inevitavelmente os puxaria para dentro da experiência. E eles não queriam assim; não dessa forma. Eles queriam entrar na experiência, mas não para vivenciá-la de forma ativa, como os demais, queriam apenas controlá-la. Inevitavelmente, foram arrastados para dentro, e muitos também estão, hoje, na Terra, tentando seus retornos. Alguns, por eras, permaneceram tentando causar problemas no desenvolvimento da experiência, como uma retaliação por estarem “presos” dentro dela. Eles não conseguiam rasgar o véu, pois somente o Amor pode fazer isso, e eles não estavam afinados ainda com essa vibração.

Por muito tempo, causaram muitos problemas com suas tentativas, sem sucesso, de saírem. Seus chamados pelos seus de mesma raça também não eram ouvidos, pois muitos fugiram deste Universo quando perceberam o que estava acontecendo e não queriam ser também “presos” na experiência. Assim, ao longo de todas as eras, seus corações, pelo menos da maioria deles, foram inteiramente amolecidos, e eles também estão regressando para o LAR. Tenham em mente que aqui estou me referindo a muitas raças que, de certo modo mantiveram vocês em dificuldades, pois essas mesmas raças, ao perceberem que também ficaram presas na experiência, como retaliação, tentaram aperfeiçoar a experiência, tornando-a ainda mais difícil. Tudo dentro de um grande movimento que, no fim, todos, ou pelo menos a grande maioria, sairiam expandidos em consciência.

Por fim, neste ponto, quando digo “prisão”, de maneira nenhuma quero dizer que a Terra seja uma. Falo apenas para que as suas mentes lineares consigam entender as minhas explicações de uma maneira mais clara. Também estou transmitindo essa minha mensagem à querida Neva (Gabriel RL), aos poucos, em respeito à sua mente linear, para que ela consiga entregar a vocês da melhor forma o que estou lhe passando. Neva, uns parênteses para meu agradecimento. (Neva: A disposição sempre, querido).

AS MIGRAÇÕES DE ALMAS

Foram algumas fases especiais antes do mergulho definitivo, que faria com que vocês "apagassem" completamente como um renascimento nas dimensões mais baixas, e vocês iriam literalmente palmilhar no escuro o caminho de volta. Nesse período de preparação quando em contato íntimo com a Fonte, vocês recebiam instruções diretas e límpidas de como seriam os desafios e se entregavam ao processo, que ficava cada vez mais intenso. Enquanto a Terra estava sendo preparada, muitos de vocês estavam colaborando tanto com a preparação dessa criação como também desenvolviam seus trabalhos em seus pontos de origens nos planetas onde habitavam, respirando o mais puro ar de amor e paz. E acreditem, alguns de vocês enquanto trabalhavam na criação da Terra colaborando com os Elohim, não imaginavam que seriam chamados para participar tão ativamente da experiência, tendo, assim, que abdicar dos seus lares natais banhados de amor e paz para irem a uma experiência que, de certa maneira, arrancaria vocês desses estados sublimados. Mas que, no fundo, tal experiência, traria uma expansão ainda maior, traria um grande aprendizado.

Quando a fisicalidade da Terra estava em sua fase final de preparação, quando apenas alguns ajustes faltavam, os CHAMADOS definitivos ecoaram pelo Universo. A princípio, as almas nativas do próprio coração da Terra/Gaia, iniciavam seus "respirares" e também se preparavam para as experiências. Almas de outros sistemas, por força de vibração, iniciaram seus deslocamentos para ajustes frequenciais em dimensões mais baixas. Essas almas não conseguiam expandir mais em seus lares de origem, pois esses sistemas alcançavam elevada vibração, tendo que "dar um passo para trás" para retomarem, e este lugar de retomada seria a Terra. Outras almas, como citei anteriormente, muitos de vocês seriam chamados para trazer as suas luzes para colaborarem no processo como um todo. Que fique claro aqui que não desejo fazer separação/divisão de almas; quero apenas que compreendam como se deu o desenvolvimento e migrações de almas para essa experiência. Considerem, basicamente, 3 (três) grupos de almas:

1. Aqueles nativos da Terra/Gaia - iniciadores das suas experiências na própria Terra/Gaia plantando as Sementes de Luz - que seriam os faróis acesos para outras raças que viriam mesclar-se à experiência. São aqueles que trariam em si o próprio Amor de Gaia e o compartilhariam através do olhar com as raças vindouras.

2. Aqueles que por força de vibração precisaram migrar dos seus lares, pois não estavam acompanhando a elevação vibracional do seu ambiente, precisando, assim, recomeçar em um ambiente energeticamente compatível e, dessa forma, retomarem o impulso, auxiliando os nativos de Gaia com suas experiências extraplanetárias. Fase compreensível em todo o universo de experiências.

3. Aqueles que vieram para auxiliar trazendo mais Luz e Consciência atendendo a um chamado de Gaia para ajudar na sua elevação e de todo o seu corpo de vida, e na fusão energética de todas as almas. Almas que, de alguma forma, tinham influência na criação da Terra, e que agora eram chamadas a participar da experiência estando do lado de dentro. Estas estariam aproveitando a oportunidade para uma grande fusão com os outros grupos de almas também presentes, dando a sua parcela de Luz e Consciência para a expansão de todos.

Saibam que vocês que estão lendo (ou ouvindo) essa minha mensagem podem, sim, se encaixar em um dos 3 (três) grupos de almas. Seus corações o dirão. Não há separação. A experiência é para todos, e todos escolheram em comum acordo. As fases que citei são apenas para facilitar o seu entendimento sobre os grupos de almas. Todos os grupos podem ter tido e tiveram suas experiências mescladas. Você que agora lê essa mensagem, pode ser uma alma nativa de Gaia que saiu por um tempo para ter outras experiências pela Galáxia e retornar, em seguida. Assim como também você pode ser do grupo de almas que veio para recomeçar aqui o que ainda não havia conseguido em outro planeta; ou você pode ser uma alma do terceiro grupo, que veio também para ajudar ancorar Luz e mais Consciência. De qualquer forma, os 3 (três) grupos estão intimamente ligados com um foco comum: reintegrar a Terra/Gaia na Comunidade Galáctica, completamente purificada das tantas experiências e tentativas de sua destruição (fato que, como já disse várias vezes, não ocorrerá. A Terra não será destruída nem por uma guerra nuclear, nem por um meteoro, nem por nada).

O INÍCIO DO MERGULHO

Havia ainda algum trabalho sendo feito para harmonizar a atmosfera da Terra, equilibrando o oxigênio e preparando toda a atmosfera, assim como os corpos que seriam usados por vocês, que já se preparavam numa camada antes - no astral - para as encarnações propriamente ditas, na fisicalidade. Esse período durou bastante tempo até o ajuste final, para que os primeiros corpos fossem completamente ajustados com a atmosfera do planeta, possibilitando “uma respiração” agradável e harmônica que sustentasse apropriadamente sua vida biológica.

Vocês passaram por três fases específicas quando chegaram a Terra (vindos de outras estrelas) e/ou quando começaram a encarnar. (No caso dos que “começaram a encarnar” refere-se aos nativos de Gaia):

Antes de citar as 3 (três) fases do mergulho, preciso citar a Fase 0 (zero). Nesta é sem corpo galáctico, sem personalidade/roupagem galáctica. Você apenas É a Consciência. Para essa experiência na Terra, vocês passaram por esse rápido “reset”. Quando a maioria saiu dos seus lares de origens em outras estrelas, se despojaram, rapidamente, de suas identidades galácticas e voltando à Fase 0 (zero), absorveram muita Luz e Força na Fonte, assumiram suas roupagens galácticas novamente, em seguida, como citado na próxima Fase (1). Esse “reset” foi necessário para que tivessem um reforço extra para a experiência dificílima que experimentariam. A Fase 0 (zero) aconteceu muito rapidamente, pois, em questão de segundos, foram à Fonte e retornaram. Eu poderia apenas dizer que vocês fizeram uma meditação, se reconectaram com a Fonte, absorveram PRESENÇA e depois abriram os olhos para o decorrer “do dia…” Aqui alguns poderiam dizer “Oh, mas se já voltamos à Fase 0 (zero), e se o objetivo da experiência é retornar a essa Fase, então porque já não ficamos nela?” Oh, porque havia uma imensa bagagem a ser resgatada… Havia muita coisa ainda para ser revista, acessada, vivida. Havia toda uma história para ser reescrita, escrita, sentida, expandida, e isso não poderia acontecer sem “A Viagem de Ida e Volta” no tempo determinado. Considerem como se vocês estivessem fazendo uma faculdade em outro país, estudando, aprendendo e expandindo, e você precisou de um certo reforço familiar. Você foi até sua casa, absorveu essa energia e retornou para prosseguir com os estudos.

Fase 1: Inicia-se a migração da consciência citada na Fase 0 (zero) para esta Fase. Nesta, vocês ainda estão completamente conscientes nas suas expressões espirituais elevadas, sem nenhuma condensação energética da Terra (ou Capas Plásmicas ou Corpos Astrais, como chamam). Aqui vocês estão, novamente, depois do “reset”, assumindo a personalidade galáctica, (Siriana, Pleiadiana, Arcturiana, Capelina, Orione, Alfa Centauriana, Andromedana, por exemplo...). Vocês saíram do estado da Fase 0 (zero) e já assumiram, rapidamente, suas personalidades/identidades galácticas, de novo. Na Fase 1, vocês ainda estão completamente conscientes e já sabem dos desafios que vão experimentar. Estão conectados com seus EUs e têm total consciência das suas identidades espirituais/galácticas e suas conexões com a Fonte. Vocês sabem de onde vieram e porque estão em Gaia/Terra. Sabem que no próximo mergulho não se lembrarão de mais nada disso. Vocês estão na primeira camada da Terra, da experiência Terrana.

Fase 2: Iniciam-se as encarnações ainda não na fisicalidade, mas uma pré-encarnação, esta no astral da Terra, que nominarei de “Encarnações Plásmicas” ou “Astraicas” (encarnações no Plano Astral). Nessa época, o Plano Astral/Plásmico da Terra era muito semelhante ao que é a terceira densidade da Terra hoje. Apenas havia uma sutileza maior. Para melhor entender, é como se nessa época o Plano Astral/Plásmico da Terra fosse como a Terra é agora nessa densidade, e a fisicalidade em si, ainda mais densa e pesada. Então, nesse período, quando vocês entravam nessa segunda fase, já começavam a se esquecer de todo o pacote que anteriormente possuíam na fase 0 (zero) e 1 (um). Aqui na Fase 2, já estão em profundo mergulho. Nesta Fase, vocês encarnavam e desencarnavam mais rapidamente em seus corpos Astrais/Plásmicos e não tomavam consciência “do outro lado” que, no caso, seria a Fase 1 (ou Zero), como naturalmente acontece agora na Terra. Quando desencarnam, a maioria de vocês já “acorda” do outro lado, do lado espiritual, sabendo que existe um lado espiritual. Na época citada, nesta fase, vocês desencarnavam e já reencarnavam rapidamente em outro corpo. Estes corpos eram adultos (nesta fase vocês já entravam nos corpos adultos, não passavam pela fase da criança e adolescência) e construídos para que vocês já fossem se adaptando para a nova fase que viria, a Fase 3, a encarnação propriamente dita na fisicalidade. Num futuro, essas fases se ajustariam. Explicarei mais a seguir. Aqui na Fase 2 se pode considerar também uma encarnação, pois vocês tinham um vislumbre dos desafios por já receberem as fortes e intensas energias da densidade, com as respectivas emoções e conflitos. Vocês já começavam a saber e a vivenciar a dualidade. Porém, nesta fase de encarnações, quando vocês desencarnavam e rapidamente já entravam em outro corpo, não se lembravam da "outra vida". Vocês já tinham as camadas do esquecimento.

Fase 3: Esta é a encarnação propriamente dita na fisicalidade (já passando normalmente pela fase da criança, adolescência e chegando a fase adulta). É muito mais densa, sendo sete vezes mais densa no período inicial, do que as encarnações na Fase 2. Na ocasião, os corpos físicos prontos passavam por constantes ajustes em seus DNAs que eram, em muitos casos, ajustes dolorosos energeticamente para todos que os habitavam. Corpos muito densos se forem comparados a todos os outros corpos que já haviam experimentado, sem contar com a atmosfera energética extremamente opressora e incomparável com as sutis vibrações dos mundos de onde vieram, e mesmo das Zonas Astrais/Plásmicas da Terra. Os processos de encarnações nesta fase foram mais lentos, pois se precisava que ajustes fossem sendo feitos a cada grupo de almas que desciam para essa Fase, para o melhoramento contínuo da experiência. Enquanto isso, outros grupos de almas mais "acima” nas fases primárias da experiência começavam as suas descidas, da Fase Zero à Terceira. Era um sobe e desce constante em um movimento elíptico de descida e subida de almas. Com isso, aumentava-se a vibração da experiência e, ao longo das eras, suavizava-se todo o movimento. Enquanto essa subida e descida de almas acontece, uma elipse energética é formada por esse movimento e no centro dessa elipse - que é o coração de Gaia - a energia do núcleo se expande consideravelmente e, pouco a pouco, alcança as camadas de consciência das Fases 3 a 0, do centro do coração do planeta para a superfície. A energia de todo o campo energético superior da Fase 1 e 0 (zero) se projeta a partir do Cosmos, enquanto também há uma projeção das camadas mais sutis da Terra (o coração de Gaia) em direção à superfície do planeta resultando numa compressão energética da experiência. (A energia que vem de "cima", do Cosmos, encontra-se com a energia que vem de "baixo" das camadas mais sutis da Terra, coração de Gaia, chocando-se ambas na superfície do Planeta, ocasionando o fenômeno "compressão e ruptura", que COBRA trata nessa mensagem https://www.sementesdasestrelas.com.br/2016/10/cobra-portal-2012-compressao-e-ruptura.html) Desenrola-se então, uma grande “explosão" de Luz na superfície física do planeta, o que dissolverá completamente o véu, promovendo um movimento acelerado de expansão e reconexão nas consciências de todos os seres presentes em Gaia. (Toda essa fase da intensa atividade elíptica está em andamento neste momento, perto de um grande ápice)

Essa explosão será sentida em todos os corações. Não será algo a “ser visto”, mas sentido de forma tão intensa, que alguns chorarão de emoção mesmo sem saber exatamente o motivo, tomados, em seguida, por uma sensação de Amor indescritível, uma alegria espiritual e uma paz como nunca sentiram. Neste momento, a fisicalidade da Terra entrará em uma rápida fusão entre-planos e as separações dos Planos Vibracionais entrarão em descontinuação rapidamente. Preciso dizer que ainda assim haverá aqueles resistentes a isso, mas não há problema. A maioria da humanidade já estará preparada para lidar amorosamente com eles. E deixem-me dizer mais: “o sino já começou a tocar…”. É isso que vocês foram fazer aí. À medida que assumem a consciência da sua verdadeira identidade galáctica/cósmica/ascensa, vocês aceleram esse processo e desconstroem o jogo.

VOLTANDO NO TEMPO

Voltando um pouco no tempo em meio a todos esses acontecimentos, das milhares de eras que foram se passando, muitos outros semelhantes a vocês que ficaram como “cartas especiais para momentos especiais” desceram em seu meio, enquanto muitos entravam cada vez mais no jogo e aprofundavam-se mais no esquecimento e na dor. Esses seres desceram e, como parte do acordo, se lembrariam muito mais rapidamente de quem eles eram para, justamente, ajudarem-nos a também se lembrar de quem eram. Eles também se sacrificariam. Muitos deram suas vidas por essa experiência, para a sua finalização amorosa. Muitos chegaram em momentos-chave que transformaram para sempre a história da Terra. Eles foram a mão amiga que vocês aguardavam dizendo quando antes do grande mergulho: “Mas, e se nós nos perdermos tão profundamente, tão profundamente que não consigamos tal feito, o de retornar?”. E vocês ouviam de nós: “Sinalizadores serão enviados pelas eras. Vocês sempre serão puxados de volta, sempre! Nós nunca os deixaremos!”. Então, muitos destes vieram e encarnaram no meio de vocês. Abraão foi um deles. Ele veio com a missão de intensificar a Luz no planeta e dar um novo grande sinal. Enfim, muitos, muitos desceram. Moisés, Maomé, Sidarta Gautama, Krishna e tantos outros. Aquele que vocês conheceram como Jesus iniciou a fase de desconstrução da Fase 2 tal como era, pois até este período, pouco antes dele, havia pré-encarnações nas dimensões astrais/plásmicas. Com a sua chegada, ele adentrou na segunda Fase, ocupou um corpo astral/plásmico ali, e passou 2 (dois) mil dos seus anos lineares nesta fase, se preparando para a descida para fase 3, a mais difícil, mais densa, mais desafiadora. Enquanto estava nesta encarnação - na Fase 2 - Jesus começou a desconstruir todos os mecanismos antes construídos para manutenção dessa fase, pois não eram mais necessários.

Neste período, antes de Jesus chegar, antes de encarnar na fisicalidade - a Fase 3 - todos passavam pela Fase 2 como profunda preparação. Alguns anos encarnando naquele ambiente para a descida definitiva até a Fase 3. Nessa época, quando os encarnados da Fase 3 desencarnavam, eles não retornavam para a Fase 2. Eles ficavam em uma espécie de “vácuo”, que não era na Fase 2, nem na Fase 1. Simplesmente não se tinha, propriamente dito, um “ponto de parada e re-fôlego” (isso também estava previsto no plano, fazia parte do jogo). Neste vácuo, o EU Superior rapidamente começava a redirecionar a reencarnação na fisicalidade - a Fase 3 - coletando as energias geradas na encarnação anterior e mapeando a partir daí a nova entrada nessa Fase. Assim, as encarnações eram mais rápidas e sem muitas pausas. A consciência, logo que deixava o corpo na Fase 3, podia até ficar “solta” por “cima” da Fase 2, mas não voltava a encarnar novamente nela, nos corpos astrais/plásmicos e nem acessava a Fase 1 (Consciência Galáctica). Eram poucas as almas que, só por questões especiais, retornavam a encarnar na Fase 2, e nem mesmo acessavam um pouco da Consciência Galáctica da Fase 1. Apenas muito poucas, só em casos especiais. O normal, o comum eram apenas as descidas Fase em Fase, como já descrito anteriormente.

Com a chegada de Jesus, tudo isso mudou. Ele desconstruiu a Fase 2. Durante os 2 (dois) mil anos em que esteve encarnado nesta Fase preparando-se para fisicalidade da Fase 3 criou templos espirituais para restaurações das almas, câmaras cristalinas poderosas, “hospitais espirituais”, ou as chamadas “casas transitórias”. Ambientes conhecidos hoje por vocês, como “Nosso Lar”, por exemplo. Ambientes para receber as almas quando deixarem a fisicalidade. Ambientes de preparação para essas almas, para elas poderem reentrar na fisicalidade e seguirem seus planos de alma. Aqui, as almas não ficavam mais no vácuo, “ele deu um jeito” para que elas pudessem ter um lugar “para descansar” e programar suas reentradas na Fase 3. Aí, neste ponto, quando as almas deixavam a fisicalidade e chegavam ao plano astral/plásmico (Fase 2), este já estava mais leve, muito mais leve, completamente modificado e sutil, possibilitando, imediatamente, quando se entrava nele, acessar muitos pacotes de suas identidades galácticas! Assim, a partir deste momento, quando vocês saíam do Plano Físico, entravam neste Plano Astral já mais leves, acessando com parcial e, às vezes, total lembrança da sua identidade galáctica. Ainda que não ascendessem completamente - fato que os conduziria para a consciência da Fase 1 - vocês já sentiam grande alívio, e era um novo impulso para a reentrada na Fase 3, a fisicalidade. Isso foi um grande bálsamo para todos. Tudo foi preparado por ele, Jesus, antes mesmo de sua encarnação na Fase 3. Depois de tudo isso feito e de ter colocado anjos nos quatro cantos da Terra para garantir que suas construções se mantivessem iniciou sua descida à Fase 3, levando com ele um enorme grupo de almas também preparadas para a grande missão. E dar o sinal que mudaria, para sempre, o destino da Terra, fato que asseguraria que vocês concluíssem, com êxito, todo o percurso, um verdadeiro trabalho em equipe. Ele mesmo, Jesus, até hoje diz isso, quando tentam vangloriá-lo da sua missão. Ele diz na maioria dos conselhos aonde vai e que eu, Ashtar, estou presente, e já pude ouvir: “Eu fui um humano e ainda sou. Eu apenas dei minha parcela de ajuda em todo o processo. Mas eles, eles que permanecem lá, fazem mais do que eu. Eu beijo seus pés pela coragem e determinação. Eu fui levar uma bandeira, a do Amor e esta, o sinal. O sinal que manteria acesa a esperança de se lembrarem, profundamente, de quem realmente são, e eles a têm sustentado desde então. Então, não sou eu quem merece aplausos.”

Quando ele encarnou na fisicalidade, houve um “urro” das forças negativas do planeta que, definitivamente, viram que nada mais que fizessem poderia impedir a conclusão amorosa da experiência. Depois disso, vários outros sinais de Gaia foram disparados por todo o Cosmos. Houve, então, uma avalanche de seres de vários outros sistemas se colocando à disposição para também ajudarem na experiência. As forças escuras tentavam, a todo custo, impedir que a Força Elíptica continuasse ativa, disparando também sinais para toda a galáxia para que raças não autorizadas enviassem, de alguma forma, ajuda para que a experiência continuasse, mas com mais dor ainda, e isso se perpetuasse para sempre, por todas as eram sem fim, sem a conclusão amorosa prevista. Em meio a toda essa “batalha espiritual”, ambientes astrais também foram construídos pelas nossas Frotas (Comando Ashtar), em volta da Terra, para conter certas almas mais desconectadas que desejavam causar mais problemas. Enquanto sucediam esses conflitos desesperados por parte daqueles mais desconectados e desejosos de manter as trevas profundas, mais anjos começaram a encarnar, e seres de milhares de estrelas desta sua galáxia e além, causando uma drástica aceleração energética do planeta, aumentando, consideravelmente, a consciência e começando, então, o processo mais profundo de ruptura da Matrix, a partir da Fase 3. E aqui estão vocês! Vocês tinham até cerca do final da década de 80 (oitenta) para sustentar uma energia que impediria mudanças drásticas e traumáticas na fisicalidade e tiveram grande êxito nessa tarefa. Elas não precisaram ser traumáticas. Vocês impediram uma destruição nuclear e que corpos celestes fossem atraídos por força de vibração para destruição do planeta. Vocês tinham até 2012 para garantir a sustentação de outra energia luminosa que garantiria que mais ajuda chegasse, e assim aconteceu! Mais Índigos, Cristais, Diamantes e Arco-Íris começaram a encarnar, em massa. E vocês tinham até o meio deste ano presente (2019) para sustentarem outra energia que garantiria a nossa aproximação e contato mais direto com todos vocês, o mais rápido possível. E aqui nós estamos. Vocês foram brilhantes! Vocês são brilhantes! Vamos para casa?

DE VOLTA PARA CASA

Assim, queridas almas desta maravilhosa experiência, vocês estão retornando... Retornando ao ponto de origem! Retornando com toda uma bagagem especial, esta que servirá por todas as eras sem fim. Eu sei o quanto foi difícil, desgastante, aterrorizante para a maioria. Eu sei quantas vezes vocês quiseram desistir, e se o fizessem, com honra seriam aplaudidos. Eu sei todas as vezes que se perguntaram se iria demorar muito, quantas vezes se perguntaram se poderia ser menos doloroso, e se teriam mais apoio. Eu ouvi todos os seus questionamentos e ainda ouço. Mas o que mais importa agora é que a volta para casa começou e vocês estão na alegria deste retorno, mesmo que restem alguns lampejos de dor, a dor do “esquecimento cósmico”, dor de aparentemente terem sido abandonados, esquecidos em um ambiente sombrio, solitário e devastador. Eu sei o quanto isso foi difícil. Mas lembrem-se, “de todos os voluntários escolheremos, somente os mais capazes entre os mais capazes, os mais fortes entre os mais fortes…” (Trecho da mensagem “Era Uma Vez: https://www.sementesdasestrelas.com.br/2013/03/sementes-das-estrelas-era-uma-vez.html). Era uma experiência difícil, mas somente seres como vocês conseguiriam. E assim foi. Vocês estão agora, profundamente mais conectados, mais conscientes e sabendo de que tudo isso valeu a pena. Foi para isso que foram. Foi para isso que encarnaram. Para que o brilho interior de vocês resplandecesse em meio a tal densidade e de dentro, a transformação ocorresse. Agora, nessa viagem elíptica de volta, vocês vêm “arrastando todos com vocês”, no rastro da Luz que expandiram, aqueles que entram em contato com vocês e hoje são, instantaneamente, arrastados para essa Luz. Vocês, na maioria das vezes, não precisam fazer nada, apenas serem quem são, no brilho da sua Luz. Percebam que muitas outras almas quando olham nos olhos de vocês, das duas uma: ou elas os encaram nos olhos, profundamente, demonstrando sinal claro de estarem abertas a se permitirem essa fusão amorosa, ou desviam o olhar. Nesse caso, sentem-se, inseguras em encarar a própria Luz através do olhar de vocês, porque o encarar de sua própria Luz acarreta a necessidade também de encarar suas sombras refletidas na Luz do seu olhar. E mais uma vez, a energia amorosa de vocês as levarão à reflexão. A energia de vocês será o sinal de alerta para: “A NAVE CHEGOU! HORA DE VOLTAR PARA CASA”. E ainda que tentem negar isso, elas não resistirão a esse chamado. Pelo menos a maioria não resistirá, porque elas vieram com vocês, e elas irão querer voltar com vocês.

Certamente, as muito poucas que não desejarem iniciar as suas viagens de volta agora serão beneficiadas pelo rastro de Luz que vocês deixaram, e este será o luminoso caminho que elas terão como base para o retorno. E isso também não demorará muito, pois elas também estão finalizando suas experiências. Enquanto a maioria de vocês praticamente já finalizou, resta a alegria de saber que a NAVE JÁ ESTÁ PRONTA, E A VIAGEM DE VOLTA COMEÇA, passando por todas as eras em sua multidimensionalidade, deixando um rastro de Luz intenso, nesse maravilhoso retorno elíptico desta experiência.

Muitos de vocês esperam que nossas naves possam pousar nos seus campos, fazer muitas exibições em seus céus e, em seguida, todos entrarem e partirem. Queremos que saibam que esse retorno é muito mais profundo que isso e, simplesmente, entrarem em uma nave e irem embora seria “sem graça”. Vocês não fariam isso (sorriso)! Entendam esse retorno não levando ao pé da letra como alguém que sai de uma cidade para outra, mas um retorno a um estado de consciência que, realmente, não importa o ambiente em que estejam. Vocês estarão no Lar! Um estado de consciência ascensional, onde não importará se estarão no deserto quente ou em um ambiente confortavelmente refrigerado e aconchegante. O SEU RETORNO AO LAR NÃO É IR A UM LUGAR ESPECÍFICO; É ESTAR EM VOCÊ, EM SUA PLENITUDE, AMOR E PAZ. Sim, vocês retornarão aos seus pontos galácticos de origem, porque esse também era o combinado, mas isso aconteceria quando suas Luzes internas se acendessem de tal maneira, que conseguissem trazer este lar galáctico para perto de vocês, exatamente no ambiente em que estivessem. Quando conseguissem perceber que não é um lugar específico que os torna ascencionados, mas um simples estado de consciência. E é este que estão alcançando. Isso tudo aconteceria quando vocês começassem a incorporar suas identidades galácticas nesta dimensão, quando a identidade de quem realmente vocês são, começasse a ser acessada nesta dimensão física em que agora estão - momento em que vocês fariam um grande download de todo o pacote cósmico da sua história, e sua Luz expandiria mais, dissolvendo o véu em pedaços, “destruindo” a Matrix de dentro para fora! (Vide Nome Avatar/Cosmobiografia: https://www.sementesdasestrelas.com.br/2018/01/cosmobiografias-pessoais-canalizadas.html). Nesse ponto, quando isso começasse a acontecer, vocês começariam a grande viagem de volta e esse processo já começou, e de forma muito mais intensa, especialmente na travessia do grande marcador 2012. E aqui estão vocês, no entusiasmo do retorno. E em todo esse processo, começaram a experimentar, graças aos seus estados de consciência expandidos, as transformações da ascensão: a transformação dos seus corpos biológicos com base em carbono para novos corpos em base cristalina, até alcançarem, completamente, corpos de pura estrutura luminosa, dissolvendo a fisicalidade na Luz desta transformação e integrando a sua consciência iluminada ao físico, tornando UM SÓ.

Saibam, queridos, vocês são seres ascendidos retomando essa consciência. São Luzes retomando essa consciência. Vocês já são Divinos retomando essa consciência. São seres galácticos retomando essa consciência! Nada mais pode ser dito neste ponto. É o que É.

QUANTAS VIDAS VOCÊ TEVE?

Por fim, queridos, depois de tanto, de um profundo início quando tudo era absolutamente UM, em seguida foram “arrancados” desse UM, a confusão que tudo isso causou em seus seres, a dor dessa desconexão, a procura desenfreada para se manterem na experiência para que ela tivesse o seu propósito amoroso atingido e, ao mesmo tempo, a intensa necessidade de “colo”, de “casa”, de uma reconexão com o UM, os sufocaram pelas eras. Mas vocês se mantiveram implacavelmente determinados. Não importando a escuridão na qual estavam imersos, sabiam que a Luz dos seus corações os guiaria! Oh! Que orgulho! No meio de tudo, de todo esse jogo, vocês foram ainda criativos, especialistas em suas áreas, mostradores do caminho, faróis, curadores; vocês continuaram sendo quem são mesmo sem a memória disso. De alguma forma, mantiveram essa memória, ainda que inconsciente, de quem vocês realmente são, e isso sempre esteve presente em suas tantas vidas, pelas eras e eras da Terra!

E quantas foram elas? Queridos meus, vocês tiveram entre 44 e 1.144 vidas neste planeta, entre as Fases 2 e 3. Oh, acham muito? Não. Vocês queriam mais. Nós que reduzimos (sorrisos). Os entrantes mais recentes, aqueles que chegaram à experiência há menos tempo possuem entre 1 e 8 vidas. Sim, existem seres que começaram a ter as suas primeiras vidas aí na Terra, não é fantástico? Eu sei, há muitos cálculos em suas cabeças agora, mas não é um momento para isso. Apenas sintam em seus corações as verdades destas afirmações. Vocês sabem. Vocês que programaram tudo (sorriso). Nós só auxiliamos. Deixem-me dizer mais: hoje, no mínimo, 7 (sete) bilhões das almas da Terra possuem pelo menos 15 (quinze) encarnações desde Jesus Cristo. Oh, não se prendam a esses cálculos. Suas mentes lineares não conseguirão, no momento, compreender a profundidade de tudo isso. Não que vocês não tenham intelecto para isso; quero apenas que sintam em seus corações. Todo o corpo de seres que está ativamente conectado a essa experiência hoje, entre os que estão encarnados na fisicalidade e nas zonas astrais do planeta, somados aos que estão a bordo das naves esperando para encarnar e interagir de alguma forma com a experiência, tanto no astral como no físico, (ou mesmo descendo em suas roupagens galácticas, uhum!), são cerca de 89 (oitenta e nove) bilhões de almas. E eu não estou contando as Frotas - que não encarnarão diretamente na superfície - que estão aqui para “assistir” e apoiar essas 89 (oitenta e nove) bilhões que encarnarão. Alguns acharão muito, outros nem tanto, mas eu também não me importo com isso. São só números (risos). Durante milhares de anos, não houve muito revezamento nas encarnações. Eram quase sempre os mesmos seres encarnando na fisicalidade por eras, assumindo vários papeis em várias épocas, em várias encarnações. Agora, um grande revezamento vai acontecer. Muitas dessas 89 (oitenta e nove) bilhões vão começar a descer, enquanto as almas que encarnaram por eras começarão a ficar mais aqui do “outro lado”, exceto algumas peças-chave que continuarão descendo e subindo, constantemente. Isso é assunto para uma outra mensagem (sorriso). Ops! E antes que vocês perguntem se “não vai pesar os 89 (oitenta e nove) bilhões” descendo… Obviamente, não serão todos de uma vez. Lembrem-se que isso levará um certo tempo… (Sorriso.) E também não encarnarão várias vidas seguidas, como vocês fizeram.

Amados, estou muito feliz com a oportunidade de lhes entregar um pouco mais da sua história, ou re-entregar! Minha profunda gratidão mais uma vez a você, querida Neva, pela disponibilidade. (Neva: sempre à disposição, querido. Eu também agradeço! Meu abraço em todos, como sempre!)

Gostaria também que essa minha mensagem fosse narrada por muitas vozes. Narrem-na, compartilhem nas suas redes sociais, coloquem a vibração das suas vozes nessa mensagem ou gravem para vocês mesmos ficarem ouvindo no seu ambiente particular. Novamente, reforçando o meu abraço e apoio contínuo, saibam que eu estou com vocês, pelas eras, ouvindo cada um dos seus pensamentos e acreditando sempre em seus poderes. Ninguém nunca tirou ou tirará de mim a crença na força de vocês!

Por fim, gostaria que minha querida Neva (Gabriel RL), lhes facultasse links de outras mensagens que possam, de alguma maneira, complementar essa minha mensagem, para ajudá-los a compreender ainda mais a fundo tudo que foi/é essa experiência:

Jeshua: Série Trabalhadores da Luz:


Sementes das Estrelas: Era uma Vez:

Adamu, O Pleiadiano:

A Viagem ainda não acabou. Agora vocês viajam de volta para casa, e eu estarei na carona!

E assim é.
Bênçãos!
Seu irmão,
Ashtar

Related Posts with Thumbnails